Aconteceu no SINESP
Tools
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O momento inusitado e difícil chama a oferecer o possível, a dividir para somar no combate à pandemia e à desigualdade. Doações a campanhas e instituições idôneas, sérias e experientes em ações sociais podem ajudar milhões de pessoas a suportarem esse período extremamente difícil de crise sanitária e econômica a se prevenirem contra o coronavírus e a se alimentar.

O Portal do SINESP apresenta alguns projetos que atuam com pessoas em situação de rua na capital paulista e estão ativos na ajuda à prevenção ao coronavírus junto a essa população.

Também apresenta campanhas direcionadas à população das periferias e favelas da cidade, que enfrentam enormes dificuldades frente à precariedade das moradias, à falta de água e ao desemprego que a atinge mais forte e dramaticamente que outros extratos sociais e territórios.

 

Apoio necessário

Diante do aumento de casos do novo coronavírus no Brasil e, principalmente, em São Paulo (SP), a orientação dos órgãos de saúde é o isolamento em casa. Mas para pessoas que vivem em situação de rua, a quarentena domiciliar não é uma possibilidade.

Nesta época do ano, com a chegada da frente fria em São Paulo, essa população é a mais prejudicada e, muitas vezes, acaba correndo risco de morte por causa das baixas temperaturas. As doações são sempre necessárias, ainda mais agora, frente a pandemia.

Os moradores de favelas e bairros mais populares da cidade enfrentam realidade próxima. Sofrem com a precariedade das moradias, com falta de água e saneamento e grande concentração de pessoas em ruas apertadas e casas muito próxima e pequenas.

Entre eles estão os mais pobres da cidade, a maioria dos desempregados, subempregados e informais, que precisam sair às ruas para garantir o alimento diário, além dos que estão empregados e continuam em trabalho presencial, indo e vindo no transporte público.

 

Como ajudar moradores periféricos e de favelas

Isolamento sem fome – Campanha de doação

A Confederação das Mulheres do Brasil e a União das Mulheres do Brasil da Cidade de São Paulo são as instituições responsáveis por receber as doações em dinheiro, adquirir os produtos e cuidar da logística de entrega para as famílias carentes, em favelas e bairros pobres de São Paulo, epicentro da crise. Elas informam ao doador qual foi a família que recebeu sua ajuda. Sempre que possível, se a família permitir, passam o contato direto dos que estão recebendo a doação. Tudo pela transparência e confiança em nome da criação de uma rede de solidariedade.

Para conhecer, apoiar e doar, clique AQUI.

 

Fundo solidário COVID-19 para Mães das Favelas

A CUFA (Central Única das Favelas) é uma organização brasileira que atua nos âmbitos político, social, esportivo e cultural que existe há 20 anos. Ela estruturou o Fundo Solidário Covid-19 para mães de favela, que visa principalmente à compra de alimentos – Para apoiar e doar, acesse AQUI.

 

Heliópolis, maior favela de SP, luta contra o coronavírus e a perda de renda

São cerca de 200 mil habitantes na área segundo a Unas (União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região), que puxou campanha para arrecadar doações, como comida e itens de higiene, para distribuir às famílias mais afetadas pelo coronavírus. 

Para apoiar e doar itens ou dinheiro, entre em contato com a UNAS: Rua da Mina, 38, Heliópolis, fone: (11) 2272-0140 ou clique AQUI.

 

Paraisópolis na luta contra coronavírus

A comunidade tem 100 mil moradores e nenhum leito.  A AMA e as três UBSs do local oferecem apenas atendimento primário. União dos Moradores da comunidade atua para lidar com o avanço da doença na comunidade com uma série de iniciativas ligadas ao assistencialismo emergencial, aos aspectos sanitários e aos impactos financeiros da epidemia. 

Para conhecer e saber como ajudar, clique AQUI.

Conheça também o G10 Favelas AQUI e AQUI as ações específicas do grupo em Paraisópolis.

 

Como ajudar a população de rua

Caso você encontre um morador de rua precisando de ajuda, ligue para o 156 e comunique a Coordenadoria de Atendimento Permanente e de Emergência (Cape), da Prefeitura. O serviço funciona 24 horas por dia.

A solicitação de abordagem pode ser anônima, mas é importante ter as seguintes informações para facilitar a identificação: o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está (o número pode ser aproximado); pontos de referência; características físicas e detalhes das vestimentas da pessoa a ser abordada.

Conheça algumas instituições que atuam junto à população de rua e podem ser apoiadas com doações para o trabalho de combate à pandemia de coronavírus:

 

ARCAH

Aproximadamente 16 mil pessoal vivem em situação de rua na cidade de São Paulo, segundo a ARCAH, instituição que atua na cidade de São Paulo na promoção da reintegração de pessoas em situação de rua na sociedade. Dessa população, 82% é masculina, com idade média acima de 40 anos e aproximadamente 70% são imigrantes.

Com a pandemia, a ARCAH estruturou uma campanha específica para ajudar a população de rua nos centros de acolhida a se prevenir contra o coronavírus! Com as doações são comprados sabonetes, álcool gel e máscaras.

Conheça AQUI a ARCAH e suas ações, veja como doar e sua política de transparência.

 

Movimento Nacional da População em Situação de Rua (MNPR-SP)

Luta por políticas públicas que visam à garantia de Direitos e Cidadania da População de Rua. No combate à pandemia, está arrecadando contribuições tanto financeiras quanto em itens de higiene pessoal (máscaras, sabonetes, shampoos, barbeadores, pentes e absorventes), água, cobertores, barracas e alimentos.

Endereço: MNPR-SP/ CISARTE - Viaduto Pedroso 111, Bela Vista- SP

Telefone: 11 963584568  WhatsApp: (11) 96459-3915 (Darcy da Silva Costa). Telegram: (61) 99282-1302 - (Luciene Inácio)

 

SP Invisível

SP Invisível – movimento de conscientização e humanização por meio das histórias dos invisíveis da cidade de São Paulo – lançou a campanha de financiamento coletivo #SPSemFrio para distribuir 500 kits com roupas e itens de higiene a pessoas em situação de rua.

 

Entrega por SP

O Entrega por SP é uma mobilização social sem vínculos políticos e/ou religiosos, que acredita na convivência amigável e solidária entre quem vive e quem não vive na rua.

Desde julho de 2013, o grupo sai às ruas com o intuito de conhecer pessoas em situação de vulnerabilidade social, compreender suas necessidades, oferecendo um kit contendo lanche e produtos de higiene.

Saiba mais sobre as próximas ações por meio da página no Facebook ou no site.

 

Anjos da Noite

A ONG Anjos da Noite realiza um trabalho social em São Paulo desde 22 de agosto de 1989. Composta por pessoas de todas as idades, a instituição entrega alimentos, roupas, agasalhos, calçados, cobertores e, principalmente, amor aos moradores de rua.

Entre em contato pelo site ou e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Cruz Vermelha

No último dia 15 de maio, a Cruz Vermelha lançou a “Campanha do Agasalho”, uma iniciativa anual para aquecer as famílias de baixa renda em São Paulo. Intitulado “Aqueça São Paulo“, o projeto espera arrecadar dez toneladas de roupas de frio e cobertores para atender sete mil pessoas.

Foram colocadas caixas de coleta em aproximadamente 500 pontos da cidade. No site da campanha é possível acessar a lista completa dos locais. Além disso, as doações podem ser entregues na Cruz Vermelha de São Paulo, localizada na Av. Moreira Guimarães, 699 – Planalto Paulista.

 

Exército de Salvação

Exército de Salvação está arrecadando doações para atuar na prevenção à Covid 19 junto à população de rua promovendo uma nova campanha de arrecadação de roupas para o inverno. Todas as doação são revertidas para os bazares beneficentes da instituição, que levanta fundos em prol dos grupos assistidos pelas obras sociais.

 

Pastoral do Povo de Rua

A Arquidiocese de São Paulo, da Igreja Católica, recebe agasalhos, cobertores e roupas em bom estado em igrejas.

Se quiser apoiar o projeto, é possível levar as doações em paróquias e comunidades católicas da Arquidiocese de São Paulo. Consulte a paróquia mais próxima neste link.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar