Aconteceu no SINESP
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

MUITA ATENÇÃO filiado e filiada.

NÃO CAIAM NO GOLPE DOS PRECATÓRIOS!

Somente a Diretoria do SINESP faz contato com os filiados para tratar de entrega de documentos e recebimento de precatórios!

Uma quadrilha repete periodicamente esse golpe!

Telefona ou envia cartas pedindo dinheiro para liberar o pagamento de precatórios.

Deixa até um número de celular falso (93379-7041)

Os grupos de filiados que esperam o recebimento de precatórios estão no site do Tribunal de Justiça, é informação pública.

Por isso os golpistas conseguem facilmente os dados das pessoas.

E tentam enganá-las citando nome de advogados e pedindo depósito em dinheiro para liberar verbas!

Tudo falso!!!!

Fiquem atentos para não cair no golpe!

A única maneira é desconfiar de qualquer contato sobre precatório.

Não existe pagamento para receber nem cartório de precatórios!    

FILIADO: se receber esse tipo de ligação ou carta, solicitando documentos ou dinheiro, ligue IMEDIATAMENTE para o SINESP no telefone: 3116-8400, E NÃO PASSE QUALQUER INFORMAÇÃO AOS CRIMINOSOS.

 

Na última versão do golpe, os fraudadores dizem falar do SINESP ou do escritório de advocacia, citam nome de advogados, pedem dinheiro para liberar o pagamento de precatórios, solicitam documentos pessoais e indicam uma conta para depósito.

ISSO NÃO EXISTE! Não caia nessa!

 

Atenção às seguintes observações:

- Não existe pagamento de taxas, custas ou qualquer despesa para a liberação de pagamento de precatório;

- Os advogados Horácio, Paulo e Rafael Fonseca (ou qualquer outro advogado ou funcionário do Departamento Jurídico) não contatam diretamente o filiado para tratar de pagamentos dos processos.

- O SINESP segue um protocolo de segurança para informar aos filiados;

- Todos os pagamentos dos processos (precatórios) são feitos apenas na sede do SINESP, ou seja, não são realizados no fórum, tribunal, cartório etc – aliás, não existe cartório de precatório;

- o Departamento Jurídico do SINESP em hipótese alguma cobra pagamentos diretamente dos filiados.

- Assim, se receber telefonemas, mensagens de texto ou e-mail, entre outros, solicitando qualquer tipo de pagamento, contate imediatamente o SINESP para esclarecer e tratar dessa situação.

 

A Diretoria

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault